A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

“O tempo é agora: activistas rurais e urbanas transformam a vida das mulheres”

Março 7 @ 8:00 - Março 8 @ 17:30

Navegação do Evento

Lançamento da semana da Mulher

8 De Março: dia Internacional da Mulher

“O tempo é agora: activistas rurais e urbanas transformam a vida das mulheres”

O Dia da Internacional da Mulher é a celebração das conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres ao longo dos anos. A luta das mulheres por melhores condições de vida e trabalho começou a partir do final do século XIX, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. As jornadas de trabalho de 15 horas diárias e a discriminação de género eram alguns dos pontos que eram debatidos pelas manifestantes da época. Na actualidade o Dia Internacional da Mulher ainda continua servindo como consciencialização para evitar as desigualdades de género em todas as sociedades.

As actividades  iniciam no dia 7 de Março com a realização de um Workshop  sobre o tema “O tempo é agora  Participação das Mulheres  Rurais e Urbanas no dialogo politico para a transformação das suas vidas”, onde teremos no painel mulheres rurais e académicas que partilharão suas estórias de vida.

 

No dia 16 de Março haverá um outro workshop trazendo mulheres artistas, jornalistas, mukeristas e lésbicas onde elas falam de forma aberta sobre a sua trajetória de vida, mencionando os desafios na caminhada e alternativas para contorna los.

 

O que nos moveu a escolher estes temas para reflecção? O tema do dia 7 de Março esta associado ao Lema central das comemorações do 8 de Março para este ano e ano mesmo tempo enquadra se no Lema central do CSW Comissão do Estatuto da Mulher ( Desafios e oportunidades para o alcance da igualdade de género pelas mulheres rurais). E o segundo workshop foi mais para juntar diferentes mulheres cuja as suas profissões escondem retratos de violência, simplesmente por serem mulheres, as oportunidades escassas e a descriminação constituem o seu dia a dia, mas fora destes constrangimentos que alternativas ou resistências estas mulheres nos trazem pelo gosto da sua profissão.

 

Para 2018 o FM tem como agenda advocar pela revisão da lei da família e do projecto da lei do direito sucessório  fazendo com que mais mulheres lutem para sair da 5 linha de sucessão e passem para 1 linha, tornando se as principais herdeiras em caso de morte do seu conjugue.

Continuaremos a advocar pelo nosso exercício de cidadania, direito de escolher e ser escolhido, queremos aumentar a participação política das mulheres, aumentar o numero de mulheres candidatas nas eleições autárquicas e nos órgãos de tomada de decisão.

Exigimos a penalização e criminalização das uniões forçadas

Exigimos o aumento do numero de mulheres com acesso, posse e controle da terra.

Queremos noites e estradas seguras para mulheres e raparigas. Transporte digno e seguro, que não seje mais uma oportunidade para violação sexual das mulheres e raparigas.

Detalhes

Início:
Março 7 @ 8:00
Fim:
Março 8 @ 17:30
Etiquetas de Evento:
, ,

Organizadores

Fórum Mulher
Centro Cultural Franco Mocambicano